Indisciplina, existe solução?

Ontem revi o filme “Ao mestre com carinho” feito em 1967.
(http://youtu.be/ttr4-KelT9g )

Vemos ali que a questão da educação não é a forma como o conteúdo disciplinar é transmitido.
Trata-se de identificar a questão humana. Quem é o ser humano que está ali, tanto professor quanto aluno?.

Vemos que , em sua maioria, os jovens indisciplinados, desmotivados e apáticos:

– não assumem a responsabilidade por suas escolhas.
– pensam em grupo e não como indivíduos.
– tem uma autoestima baixa.
– trazem buracos de conhecimento, então se sentem incapazes de aprender ou de fazer algo produtivo.
– não entendem por que tanto conteúdo está sendo transmitido e onde usarão isso.
– nem sempre encontram professores que possam servir de exemplo positivo para eles.
– tem problemas em casa.
– não acreditam que tem potencial para criar um futuro melhor para si e para os outros.

No filme “Ao mestre com carinho” feito em 1997, o problema é potencializado, incluindo a questão das drogas e violência (além de outros pontos que comentarei em outro artigo) (http://youtu.be/wZIS2K6M3hg) . Apesar de ser um filme, não é necessariamente ficção. Se passaram mais 15 anos e hoje a atitude dos jovens, que na época dos filmes,  eram considerados “ jovens problemas”, está se difundindo rapidamente em escolas de todas as classes sociais, públicas ou particulares.

Muitas linhas pedagógicas foram implantadas como  métodos do processo ensino aprendizagem, trazendo eficiência na transmissão de conteúdos. A estrutura curricular também foi modernizada. Esses são ganhos que devem ser valorizados.

Vemos então que o problema não está na forma de ensinar, e sim, no olhar de todas as pessoas envolvidas no processo. (Mantenedoras, funcionários, professores e alunos.)

No processo de coaching educacional, que estamos implantando em algumas escolas, o que é trabalhado não é o conteúdo disciplinar, ou a estrutura curricular, …. Quanto a isso ,cada escola deve seguir a linha que acredita ser melhor.

Trata-se de, através de ferramentas de coach pessoal, de:
– ampliar a percepção quanto às situações que se apresentam
– aprofundar autoconhecimento e auto consciência de todas as pessoas envolvidas
– conscientizar  aos alunos que  eles são responsáveis por suas escolhas, e que suas escolhas determinam o que ocorrerá com eles no futuro – ATITUDE
– Valorizar os pontos positivos das pessoas envolvidas no processo escolar – da direção até os alunos – MOTIVAÇÃO
– Desenvolver novas habilidades e competências para criar LIDERANÇA positiva, e foco nas SOLUÇÕES (que são sempre personalizadas)
– Eliciar e criar forma de vivenciar e transmitir VALORES E PRINCÍPIOS.
– Conscientizar o professor de que ele é sempre um EXEMPLO de atitudes, caráter, valores, controle emocional,… Ser o espelho do que ele quer dos alunos.
– Ensinar a todos o poder da escolha pessoal e como isso determina seu futuro – RESPONSABILIDADE

A situação atual requer um posicionamento imediato, não podemos mais esperar.
Temos que AGIR! E temos sim ferramentas simples para fazer isso acontecer!

Postagem e texto Andréa B. Bertoncel

Anúncios

Sobre Andrea B Bertoncel

Eu auxilio pessoas que estão infelizes com sua atividade profissional a encontrar seus talentos através do processo de coaching e a construir uma nova vida com mais realização e equilíbrio. A se tornar quem querem ser. Também realizo pesquisas sobre como pensamentos criam a realidade. saiba mais em http://andreabertoncel.com/quemsou/

Publicado em julho 2, 2012, em Artigos, Sobre o ensino e marcado como , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: